sábado, 11 de agosto de 2018

Solidariedade

          O problema é que "solidariedade" obrigatória causa afastamento da verdadeira solidariedade.

Quando as pessoas são achacadas com impostos aviltantes, destinados desordenadamente a grupos de amigos do Rei travestidos de minorias necessitadas, a revolta assume o lugar da solidariedade.

Discursam pelo social, como se fossem os detentores da misericórdia.
Distribuem migalhas e tornam os necessitados cada vez mais dependentes.
Gritam e se apresentam pelo social, mas são incapazes de trazer a paz... só clamam por guerra.
A tragédia que dizem ter combatido, na verdade, só fizeram aumentar e piorar...
Tiveram todas as oportunidades... carta branca para fazer... mas, cegos pela ideologia e pelo poder, imunizaram-se da vergonha e do caráter... venderam a alma e o povo por moedas de prata.
E ao povo, migalhas da enganação e do cabresto.

O povo brasileiro é solidário e, por isso, espertalhões vêm se aproveitando para nos enganar com um serviço social que só faz tirar das classes menos favorecidas para os bolsos dos vigaristas.

Formar cidadãos esclarecidos e com nobreza de caráter tem muito melhor resultado, em todos os sentidos, mas não interessa aos que, inescrupulosos, mentem com a maior cara de pau... e nos têm levado rumo ao abismo...
não é a política que nos enoja - querem que nos afastemos dela - mas sim, os bandidos que a têm dominado ao longo do tempo.

Não há como fugir, tudo passa pela política.

Ou participamos e interferimos ou seremos tragados.

Bom fim de semana.

Um abraço forte.
Fiquem com Deus
Sérgio Weydt




Nenhum comentário:

Postar um comentário

O povo liberto e o exemplo a ser seguido

Efeito Metrô Bolsonaro A partir de agora e cada vez mais... Teremos enxurrada de criação de empregos... Faltará mão de obra especi...