sexta-feira, 25 de maio de 2018

Chamem os militares

Afinal, eles têm feito de tudo

A sensação do povo é uma só - estamos pagando o
rombo da Petrobras com o nosso sangue e apoiamos os caminhoneiros.
Logo o Temer, mestre das articulações políticas, deixando-se levar a um caminho perigoso.
Mesmo nas emergências, é preciso planejamento.
A melhor saída dessa crise é, sem dúvida, a negociação.
Usar a força contra os caminhoneiros, cidadãos trabalhadores, pode ser a pior das linhas de ação disponíveis.

Qual é o próximo passo, Presidente?

Havendo o desbloqueio, quem vai conduzir os caminhões?

Se houver resistência, as forças nacionais farão o quê? Prender, bater, matar?

Negocie em cadeia nacional, Temer.
Seja um Líder! Seja um Presidente!
Administre o remédio certo!
Faça o que é preciso! Afinal, você não será reeleito mesmo!
Corte os gastos do governo e compense a renuncia fiscal total dos combustíveis, por medida provisória.
Instrua a diretoria da Petrobras a baixar os preços... se não quiserem, arque com o prejuízo (a empresa BR), causado pelas falcatruas, convide os discordantes a se retirarem e instale uma junta para administrar a crise da empresa...

Depois, Arrume a casa.
Se não conseguir, vista o pijama, aposente-se... e Chame os militares, não para irem contra os caminhoneiros, mas para administrar o país, até as próximas eleições!
Deus nos abençoe.
Abraço.
Sérgio Weydt
https://www.facebook.com/SergioWeydt/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O povo liberto e o exemplo a ser seguido

Efeito Metrô Bolsonaro A partir de agora e cada vez mais... Teremos enxurrada de criação de empregos... Faltará mão de obra especi...